Santa Marcelina Cultura

MENU

NOTÍCIAS

Imigrantes com sangue brasileiro

21 de setembro de 2012

O canadense Peter Pas trabalhou como Spalla de viola em orquestras norte-americanas, e há 13 anos é solista na Orquestra Sinfônica de São Paulo (OSESP). Também atua como coordenador de cordas e professor de viola da EMESP Tom Jobim. Vive no Brasil há X anos e o interesse pela obra de Portinari vem desde a época em que possuía um quarteto de cordas com o nome do pintor, período em conheceu o filho do artista, João Cândido Portinari.

Soledad Yaya é argentina e mora no Brasil há X anos. Começou a tocar harpa após ter visto uma apresentação musical com o instrumento e ter se apaixonado. Possui experiência em diferentes orquestras, na América Latina e Europa. Atualmente, é solista da Orquestra Experimental de Repertório do Theatro Municipal de São Paulo. Ela se diz orgulhosa de poder representar a música brasileira mundo afora.