Santa Marcelina Cultura

MENU

NOTÍCIAS

Horizontes Musicais

30 de novembro de 2015

A série Horizontes Musicais levou ao CEU Jambeiro, localizado na zona leste de São Paulo, a Orquestra Jovem do Estado, no último dia 20 de novembro.

Com regência de Cláudio Cruz, um dos mais brilhantes violinistas brasileiros, e participação do flautista francês Philippe Bernold, do Conservatório Nacional Superior de Música e Dança de Paris, o grupo apresentou um repertório com obras do século XX todo dedicado a compositores franceses, incluindo uma peça de Jacques Ibert.

A Orquestra Jovem do Estado abriu o programa com Concerto para Flauta e Orquestra, de Ibert, com solos de Philippe Bernold. Na sequência, o grupo interpretou La Mer, uma obra para orquestra escrita por Claude Debussy e encerrou o concerto com Bolero, que é a peça mais conhecida de Maurice Ravel. A vinda do flautista francês a São Paulo é resultado da parceria entre a Santa Marcelina Cultura, organização social responsável pela gestão do Guri na capital e Grande São Paulo  e da EMESP Tom Jobim, com o Conservatório de Paris. 

A série que chegou ao seu quinto ano em 2015, também contou com a presença do Quarteto de Cordas EMESP e do Regional de Choro Infanto-Juvenil, dos Grupos Infantis e Juvenis, que fizeram apresentação nos CEUs Perus e Inácio Monteiro, respectivamente.

Pelos palcos dos Horizontes Musicais já passaram Osvaldinho da Cuíca, Antonio Nóbrega, Hermeto Pascoal, Naná Vasconcelos, Aurora Orchestra, Jennifer Stumm, Sage Gateshead, entre outros nomes importantes de destaque do cenário nacional e internacional, sempre com a proposta de complementar o que foi feito nos últimos anos, levando aos ouvintes um rico universo sonoro.

A série Horizontes Musicais tem patrocínio do Hospital Santa Helena e apoio institucional do Ministério da Cultura, por meio da Lei de Incentivo à Cultura.