Santa Marcelina Cultura

MENU

NOTÍCIAS

Ritmo e canções do coco de roda

29 de maio de 2013

 O Guri está com inscrições abertas para a série Roda Brasil, curso modular que abordará os ritmos e canções do coco de roda.  As aulas acontecem nos polos Brooklin, CCA Itaquera e nos CEUs Parque Veredas e Jambeiro

O Guri está com inscrições abertas de seu Curso Modular. Neste ano, o ritmo a ser trabalhado é o coco de roda, uma das mais importantes manifestações populares do Nordeste brasileiro, considerado o precussor do samba urbano. O curso faz parta de série Roda Brasil, que trata das manifestações populares brasileiras e que já abordou o bumba-meu-boi ano passado e o afoxé e ijexá em 2011. O curso acontece nos polos Brooklin, CCA Itaquera e nos CEUs Parque Veredas e Jambeiro e as matrículas  estão abertas para alunos do Guri, familiares e toda a comunidade. A idade mínima para participar do curso é de 10 anos.

SOBRE O COCO DE RODA

Difundido por todo o Nordeste, o coco é dança de roda ou de fileiras mistas, de conjunto, de par ou de solo individual. Há uma linha melódica cantada em solo pelo tirador ou conquista, com refrão respondido pelos dançadores.

Um vigoroso sapateado denominado tropel ou tropé produz um ritmo que se ajusta àquele executado nos instrumentos musicais. O coco apresenta variadas modalidades, conforme o texto poético, a coreografia, o local e o instrumento de música.

Os coco solto, quadras, embolada, coco de entrega, coco de dez pés são referidos pela métrica literária; os coco de ganzá, coco de zambê, pela música; os coco de praias, coco de usina, coco de sertão, pelos locais; os coco de roda, coco de parelhas ligadas, coco solto, coco de fila, de parelhas trocadas, tropel repartido, cavalo manco, travessão, sete e meio e coco de visitas, pela coreografia. A umbigada é presente em muitas variantes. No Rio Grande do Norte o coco é chamado zambelô, coco de zambê e bamdelô. Possui um instrumental mais complexo, constituído por atabaques, pequenos tambores, ganzá e afoxé ou maracá.

O som característico do coco vem de quatro instrumentos (ganzá, surdo, pandeiro e triângulo), mas o que marca mesmo a cadência desse ritmo é o repicar acelerado dos tamancos. A sonoridade é completada com as palmas.

fonte: http://www.unicamp.br/folclore/Material/extra_dancas.pdf

SERVIÇO
Série Roda Brasil – Ritmos e canções do coco de roda
LOCAL: Brooklin, CCA Itaquera e nos CEUs Parque Veredas e Jambeiro
DURAÇÃO: 1 ano
IDADE: A partir dos 10 anos
Grátis