Santa Marcelina Cultura

MENU

NOTÍCIAS

Intercâmbio levou sete alunos à Inglaterra

28 de fevereiro de 2012

O ano começou agitado para sete alunos do Coro Infanto-Juvenil do Guri. Depois de uma seletiva realizada em dezembro, eles representaram, em fevereiro, o Programa em uma viagem à Inglaterra.

Sete alunos do Coro Infanto-Juvenil do Guri representaram o programa na Inglaterra entre 5 e 19 de fevereiro, numa parceria entre a Santa Marcelina Cultura e o British Council que levou alunos e professores do programa para duas localidades: Yorkshire no norte da Inglaterra e Londres. Os alunos dividiram-se em dois grupos. O primeiro partiu de São Paulo dia 5 de fevereiro, em direção à Yorkshire, cerca de 330 quilometros ao norte de Londres, com Daniela de Almeida e Lucas Borges. Acompanhavam os guris a professora Lidiana Mincov e a coordenadora pedagógica Valéria Zeidan para vivenciar um intercâmbio pelo projeto International Voices.
Visitaram escolas locais e conheceram como se dá o ensino de música na rede pública de ensino no país europeu. Participaram de aulas de música e visitaram igrejas, castelos e monumentos. Também conheceram as instalações do The Sage Gateshead, programa de música em Gateshead e assistiram a um concerto.  Daniela de Almeida registrou em seu diário de viagem: “foi uma experiência sem igual, tudo que fizemos, conhecemos e aprendemos.”
Enquanto Lucas, Daniela e a professora Lidiana retornavam ao Brasil, outro grupo, formado por Alessandra Wingter, Beatriz de Godoi, Jaqueline Dias, Murillo Pocci e Oziel Silva embarcavam, dia 13 de fevereiro, ao lado do supervisor pedagógico Rodolfo Jonasson, para participar do coro de 120 vozes do projeto Youth Music Voices, formado por jovens estudantes de projetos de música da Inglaterra e Bulgária. Representando o Brasil, os cinco alunos do Guri. O coro, regido por Richard Frostick, que selecionou os alunos do Guri em dezembro – ver matéria aqui -, se prepara para participar das atividades culturais que ocorrem paralelamente às Olimpíadas de Londres.
Valéria, que estava com os alunos em Yokshire e Maurício Cruz, coordenador de relacionamento institucional da Santa Marcelina Cultura, juntaram-se à trupe. Foram cinco dias de exaustivos ensaios para passar boa parte do repertório que está sendo preparado pelo grupo para as apresentações de julho. Nas pouquíssimas horas vagas, o grupo conheceu importantes pontos turísticos da capital inglesa como o Big Ben e London Eye, uma roda gigante com 135 metros de altura.
No dia 17, um concerto de trinta minutos no Velodrome durante a final do campeonato mundial de ciclismo, que foi inaugurado e testado no evento e para as provas da modalidade nas Olimpíadas.
Entre os alunos do Guri muita emoção e expectativa sobre os próximos passos, segundo Murilo. “Lembrar de Londres ainda causa um aperto enorme no coração. Conto os segundo para voltarmos”, escreveu em seu diário. Beatriz lembra como a música é importante na sua vida. “Percebi que estou caminhando pelo rumo certo. Todas as vezes que eu canto estou expressando um sentimento”, relembra.
Para Valéria, toda a experiência foi uma troca musical bastante intensa para o grupo, tanto para os alunos que estiveram em Yorkshire, quanto os que ficaram em Londres. “O ganho maior que tiveram foi sem dúvida cultural, porque vivenciaram profundamente uma outra cultura por uma semana e isso vão levar para a vida inteira”, finaliza.