Santa Marcelina Cultura

MENU

NOTÍCIAS

Grupos iniciaram temporada

13 de julho de 2013

Este ano os Grupos Infantis e Juvenis começaram a temporada com importantes concertos e intercâmbios. Ao todo, as dez formações realizaram 13 apresentações em importantes espaços culturais como o MASP, Fundação Oscar Americano e Praça Victor Civita.

Integrar os Grupos Infantis e Juvenis se tornou um desafio para os alunos desde o início da temporada. Isso porque os grupos, que começam seus ensaios em março e normalmente vão “afinado” o repertório a partir do segundo semestre, realizaram importantes concertos logo nos primeiros concertos. Por exemplo, os grupos tiveram apresentações marcadas em tradicionais casas culturais da cidade de São Paulo, como o Grande Auditório do MASP e fizeram concertos com convidados como o Quinteto da Juilliard School.

O MASP abriu seu espaço para três grupos: Banda Sinfônica Juvenil, Orquestra Sinfônica Infanto-Juvenil e Coral Infanto-Juvenil. O local, que fica numa das regiões com mais atividades culturais em São Paulo, a avenida Paulista, já fora palco do lançamento da Orquestra Sinfônica no ano passado. Neste ano, cedeu o espaço para o Coral fazer o lançamento do CD Cantos Novos (veja matéria aqui). 

Os alunos dos grupos também puderam mostrar seu trabalho para os frequentadores da Fundação Maria Luisa e Oscar Americano, localizada no bairro do Morumbi. Em maio, a Orquestra Sinfônica fez uma belíssima apresentação com o Quinteto da Juilliard School. Em junho foi a vez da Camerata de Violões Infanto-Juvenil do Guri, que apresentou um repertório totalmente novo, com primeira audição de obras escritas exclusivamente para o grupo (veja o repertório aqui). 

A Praça Victor Civita, espaço socioambiental localizado em Pinheiros, na zona Oeste, recebeu dois concertos no primeiro semestre: da Banda Sinfônica Infanto-Juvenil, e da Orquestra de Cordas Infanto-Juvenil, que também foi até Santos, se apresentar no Museu do Café. Completam a lista o Coral Infantil,  Coral de Familiares e os grupos estreantes Big Band Infanto-Juvenil e Regional de Choro Infanto-Juvenil, que fizeram suas apresentações nos Centros Educacionais Unificados (CEUs) onde o Programa Guri mantém polos de ensino.

Ao todo foram 13 concertos para cerca de 15 datas de ensaios que ocorreram todos os sábados na sede do Programa Guri e no Polo Júlio Prestes. Victor Hugo Pironi Mariano, 13 anos, estudante de violão do Polo CEU Campo Limpo estreou na Camerata de Violões no concerto da Fundação Oscar Americano e aprovou o jeito como o trabalho é desenvolvido. “Fiquei surpreso. Não sabia como funcionava, com as peças divididas por [naipes de] violões. Estou gostando bastante”, enfatiza. 

Segundo Ricardo Appezzato, coordenador artístico-pedagógico do Guri, a programação dos grupos este ano está musicalmente rica. “Teremos dois regentes internacionais, um com a Orquestra Sinfônica e outro com o Coral Infanto-Juvenil, além da estreia de obras inéditas”, avalia. Outro ponto de destaque foi a criação de dois novos grupos para atender, nos Grupos infantis e Juvenis, todos os cursos oferecidos pelo Programa. “Eu acho que o trabalho dos grupos teve um crescimento grande, e de uma forma estruturada” comemora. Para o segundo semestre estão previstos concertos no Tucarena e Biblioteca de São Paulo, além dos CEUs que contam com polos de ensino do Programa.