Santa Marcelina Cultura

MENU

NOTÍCIAS

Aluno da EMESP Tom Jobim ganha o Prêmio Instrumentista Nabor Pires de Camargo

26 de maio de 2014

Jussan Cluxnei, aluno de clarinete popular do 4º Ciclo, do professor Michel Moraes, venceu o disputado Prêmio Instrumentista Nabor Pires de Camargo, realizado no dia 25 de abril em Indaiatuba, no interior de São Paulo. O músico, que iniciou os estudos na EMESP Tom Jobim em 2014, foi o melhor colocado, entre os dez finalistas, e levou para casa o prêmio de R$8 mil. 


(Foto: Divulgação)

“É um sonho ganhar, pois é um concurso bem conceituado, com muita gente boa, de nível nacional. Fiquei muito feliz, nem acreditei que poderia ficar em primeiro lugar”, conta Jussan que apresentou a obra Desvairada, de Anibal Augusto Sardinha "Garoto".

Natural de Buri, no interior de São Paulo, o clarinetista Jussan Cluxnei destacou o aprendizado que teve na EMESP Tom Jobim com o professor Michel Moraes. De acordo com o aluno, a base dada pelo professor foi essencial para a sua performance  no prêmio. “Antes de entrar na EMESP, eu tinha uma formação erudita, de quando estudei na UNESP. Mas, foi com o Michel que comecei a conhecer a área popular, que é o foco do concurso. Toda a base, linguagem e improvisação eu aprendi com o Michel”, conclui o aluno.

Acompanhante de Jussan na apresentação, o vibrafonista, Alisson Antonio Amador conta que a premiação serviu como motivação para continuar se dedicando aos estudos e melhorar ainda mais o desempenho no instrumento. “Esse prêmio veio como um empurrão para me aprofundar na música popular. Comecei neste ano e quero crescer no vibrafone. A gente sempre ficou na dúvida se estudaria mais erudito ou popular, pois é muito difícil se dedicar aos dois. No caso da música popular, eu faço por prazer, até mais que o erudito, mas gosto muito dos dois estilos”, revela o aluno do 4º Ciclo de vibrafone popular, do professor Beto Caldas.


(Foto: Divulgação)

Em sua 13ª edição, o Prêmio Instrumentista Nabor Pires Camargo é um dos principais festivais de música popular do país. Carregando o nome de um dos maiores clarinetistas da história do Brasil, responsável pela composição do hino da cidade de Indaiatuba, a Semana Nabor Pires Camargo passou a integrar o calendário cultural do município por meio da realização de eventos culturais, a cargo da Fundação Pró-Memória de Indaiatuba. O 1º Prêmio Nabor Pires Camargo – Instrumentista foi realizado em 2002, com o objetivo de expandir o conhecimento acerca da obra deste compositor indaiatubano e também de revelar e estimular novos intérpretes. O prêmio conta com a participação de instrumentistas de vários estados brasileiros.

 

por Marcus Vinicius Magalhães