Santa Marcelina Cultura

MENU

NOTÍCIAS

Thibault Delor rege Orquestra de Cordas do Guri

26 de maio de 2015

Sábado ensolarado, alunos ansiosos e uma plateia pronta para conferir a primeira apresentação da Orquestra de Cordas Infanto-Juvenil do Guri, dia 23, no CEU Parque São Carlos, regida pelo maestro francês convidado Thibault Delor. 

A vinda do músico para reger a Orquestra de Cordas na temporada 2015 se deu após ter sido convidado a ministrar capacitações para os professores de contrabaixo e de violoncelo no Guri em 2014. 

Thibault Delor é contrabaixista formado pelo Conservatório de Paris, regente, compositor e diretor musical. Desde 1997 atua no Brasil como músico de orquestra, recitalista, regente e professor. Como diretor musical, lançou em 2001 o CD No Tom da História, com Paulo Jobim e Lea Freire. 

“Minha formação no contrabaixo se baseia na escola do violino, com forte ênfase no aprofundamento da técnica apurada do arco, e a qualidade e o refinamento da sonoridade, de modo a aproximar, dentro do conjunto orquestral, a sonoridade de todas as famílias dos instrumentos de cordas, a favor da unidade”, argumenta Delor. 

Para o repertório, obras de compositores consagrados como Mozart, Bach, Fauré e Bartók foram selecionadas, já que foram especialmente compostas ou adaptadas para conjuntos infanto-juvenis, o que proporciona instruções consistentes, sem infantilizar, e ao mesmo tempo sem sobrecarregar os jovens instrumentistas com informações complexas.

 

“Quando você está sendo formado, você tem que ser levado a sério, mas deve compreender aquilo que lhe é exigido; no meu conceito, ordem é progresso, isto é, passando as informações de forma progressiva e conectada, a evolução se dá de maneira leve, digesta e construtiva, é o que estamos fazendo através de partituras simplificadas de obras de Bach, Bartók, Fauré, Mozart, procurando qualidade, facilitando a adesão dos jovens ao mundo do conhecimento musical”, explica. 

Ricardo Appezzato, coordenador pedagógico do Guri, explica que, além de propor repertório adequado, Delor dará a base certa, com bastante equilíbrio para os alunos da Orquestra de Cordas. “Sem dúvidas será uma troca muito rica”. 

O grupo também se apresentou na Praça Victor Civita, no domingo, dia 24. As próximas apresentações serão na Pinacoteca do Estado de São Paulo, Biblioteca Parque Villa- Lobos, Fábrica de Cultura Sapopemba e Centro Cultural São Paulo. 

por Vivian Cunha