Santa Marcelina Cultura

MENU

NOTÍCIAS

Confira os vencedores da 2ª Edição do Prêmio Ernani de Almeida Machado

29 de outubro de 2013

Em cerimônia realizada no último domingo, 27 de outubro, na Sala São Paulo, foram anunciados os cinco bolsistas vencedores da 2ª edição do Prêmio Ernani de Almeida Machado. O violinista Lucas Bernardo da Silva, de 18 anos, spalla da Orquestra, foi contemplado com o prêmio principal, no valor de R$ 60 mil, que deverá ser utilizado para o aperfeiçoamento musical em uma instituição de ensino no exterior.

"Com o dinheiro do Prêmio pretendo estudar em 2014 no Conservatório de Amsterdã, na Holanda. Estudar fora e depois voltar ao Brasil sempre foi minha vontade, então acredito que o primeiro passo foi dado", contou Lucas.

A 2ª edição do Prêmio também contemplou outros quatro bolsistas da orquestra com um valor de R$ 15 mil para cada um. Os vencedores foram: Layla Köhler Baratto (oboé) e Ariane Rovesse de Alencar Freitas (clarinete), na categoria madeiras, metais, percussão, piano e harpa; e Matheus Silva Mello (violoncelo) e Rafael do Nascimento Figueiredo (contrabaixo), na categoria cordas.

Com patrocínio do escritório Machado, Meyer, Sendacz e Opice Advogados, os prêmios oferecidos têm a finalidade de viabilizar, exclusivamente, bolsas de estudo no exterior ou a aquisição de instrumentos.

A cerimônia foi conduzida pelo Diretor Artístico-Pedagógico da Santa Marcelina Cultura Paulo Zuben e contou com a participação da Diretora Presidente da Santa Marcelina Cultura, Ir. Rosane Ghedin, do Secretário Adjunto de Estado da Cultura Sérgio Tiezzi, da Sócia Administrativa do Machado Meyer Sendacz e Opice Advogados, Dra. Raquel Novaes e do Sócio Diretor do Machado Meyer Sendacz e Opice Advogados, Dr. Moshe Sendacz.

Para a Diretora Presidente da Santa Marcelina Cultura, Ir. Rosane Ghedin, a parceria com o escritório Machado Meyer Sendacz e Opice Advogados significa a abertura de novas possibilidades. “Hoje é um dia de festa e de muita emoção por estarmos concedendo este prêmio aos nossos alunos. Também é um dia importante por consolidarmos uma parceria efetiva e afetiva com o escritório, que possui um carinho com a formação musical”, disse.

A Sócia Administrativa do Machado Meyer Sendacz e Opice Advogados, Dra. Raquel Novaes, parabenizou a administração da Santa Marcelina Cultura e disse que é uma “alegria imensa participar deste projeto, que, sobretudo inspira jovens”. 

Após a cerimônia, a Orquestra Jovem do Estado se apresentou  sob a regência de seu diretor musical e maestro titular Cláudio Cruz. No programa, a abertura de Rienzi, de Wagner, Bachiana nº7, de Villa-Lobos, e Sinfonia Fantástica, de Berlioz.

Nesta edição, foram registradas cerca de 40 inscrições e selecionados 15 finalistas. Os 5 vencedores foram escolhidos por uma banca examinadora, formada por reconhecidos músicos de diferentes instrumentos, compositores, regentes e jornalistas setoristas da área de música erudita. A audição ocorreu no dia 11 de outubro, na sede da EMESP Tom Jobim.

O patrocínio do escritório Machado, Meyer, Sendacz e Opice Advogados ao Prêmio Ernani de Almeida Machado é resultado de uma parceria feita em 2012 com a Santa Marcelina Cultura e visa beneficiar os bolsistas com melhor desempenho da Orquestra Jovem do Estado, com edições do prêmio firmadas por mais três anos.