Santa Marcelina Cultura

MENU

Workshop Letiéres Leite | Festival Pedagógico 2021

No dia 21 de julho, às 18h, o o instrumentista, compositor e pesquisador Letiéres Leite vai apresentar o workshop ao vivo As Matrizes Africanas na Música Brasileira – Método UPB no YouTube da EMESP Tom Jobim. Assista aqui!

A atividade visa promover uma compreensão a respeito da formação da música brasileira a partir de uma análise histórica, teórica e prática em três aspectos:

1. Aspectos históricos e antropológicos sobre a diáspora negra no brasil, observando as contribuições dos grupos (sudaneses e banto) na formação musical afrobrasileira;

2. Considerações sobre a clave rítmica, sua existência e importância nas músicas de matriz africana;

3. Abordagem da tradição oral e europeia, com considerações sobre forma de leitura/escrita para os ritmos de matriz africana, a partir da observação do uso dos sistemas de claves rítmicas e seu entorno, identificando os padrões de subdivisão (binária ou ternária – compasso simplesou composto).

O workshop é uma possibilidade de apoderamento de uma ferramenta ampla e decisiva para diversas construções e análises histórico-musicais, enriquecimento das abordagens rítmicas e aprofundamento do conhecimento sobre o universo ritmico brasileiro.


Regendo a Orquestra Rumpilezz como seu trabalho autoral desde 2006, o instrumentista, compositor e pesquisador Letieres Leite traz a bigband como cartão de visitas para suas ideias, alimentando projetos e pesquisas que buscam catalogar e sistematizar as informações sobre o Universo Percussivo Baiano (UPB), a música afro-baiana e, em especial, o caráter educacional que prestigia todo esse conhecimento. Fundou a AMBAH (Academia de Música da Bahia), em Salvador, e atuou como produtor e diretor musical de diversos projetos da música popular brasileira e mundial. Lenine, Gilberto Gil, Toninho Horta, Paulinho Moura, Lulu Santos, Ivete Sangalo e Olodum foram alguns nomes nacionais, além do saxofonista norte-americano Joshua Redman, o trompetista Steven Berstein e o arranjador Arturo O’ Farril & AfroLatin Jazz Orchestra – algumas referências de artistas que já fizeram parceria com o compositor.

Atualmente, o pesquisador dedica-se ao seu método UPB de ensino da música de matriz afro-baiana, como diretor pedagógico do projeto de formação de jovens no Laboratório Musical Rumpilezzinho, do qual é idealizador e forma diretamente 75 jovens músicos, ao lado de uma equipe de educadores. Com o Coletivo Rumpilezzinho, banda formada pelos jovens músicos que integram desde a primeira turma o projeto, gravou faixas para o novo álbum da cantora Maria Rita, além do concerto dentro do XXI Percpan. Letieres Leite é coordenador artístico-pedagógico do Centro de Formação em Artes da FUNCEB – SECULT e consultor de Arte e Educação do projeto Arte no Currículo, do município de Salvador.

Data: 21/07/2021

Horário: 18:00

Local: Em Casa

#FiqueEmCasa #CulturaEmCasa

Entrada: Franca