Santa Marcelina Cultura

MENU

NOTÍCIAS

Professores do Guri Santa Marcelina aprendem lições com os Guris

15 de outubro de 2008

No dia do professor, quem ensina são os nossos alunos

Foto: André Mantelli. Alunos do Guri Santa Marcelina - Pólo CuruçáProfessor sem aluno não existe. Aluno sem professor não aprende. Professor ensina e aprende. Aluno aprende e ensina. No final, um depende do outro e os dois juntos geram conhecimento.

A partir deste pensamento, fica claro que as relações em sala de aula são multilaterais. Todos aprendem. E, para demonstrar isso na prática (ou melhor, no verbo) e para comemorar o Dia do Professor (15 de outubro), convidamos alguns professores do Guri Santa Marcelina a responder a seguinte pergunta: “Quais as lições que vocês já aprenderam com os Guris?”.

As respostas são encantadoras, sejam lições de vida ou não. Veja a seguir:

Lucila Ferrini
Professora de Flauta do Guri Santa Marcelina
“Bom, eu aprendi muita coisa com eles… Desde quem é o Chris Brown (um cantor de black que eles gostam bastante), até lições de vida mesmo, sabe? Quanto mais o tempo passa e a gente vai se conhecendo, melhor fica. Nós (eu e os alunos) vamos descobrindo até onde podemos brincar ou até onde eles podem ser cobrados. E eu sou super babona, mas não demonstro. Quando eles tocaram a primeira escala eu quase chorei! Mas eles nem desconfiam (risos)… De qualquer forma, nossa convivência é cada vez melhor e fico muito feliz em saber que essa alegria é recíproca”.

Alexandre Messias
Professor de Clarinete do Guri Santa Marcelina
“Eu aprendi a trabalhar com criança, aprendi a importância da inclusão social. Aprendi a tratar as pessoas com igualdade. Aprendi a responsabilidade de um trabalho humanista. E, sem dúvida, melhorei a minha didática. Eu aprimorei a minha maneira de dar aula”.

Fernando Tosta
Professor de Cordas do Guri Santa Marcelina
“Com os guris, aprendi o quanto o contato com os alunos é importante, não só para o aprendizado deles, mas principalmente para o meu”.

Mariane Claro
Professora de Teoria do Guri Santa Marcelina
“Eu aprendi que todas as crianças, indiferente da sua classe social, têm potencial pra aprender. Eu dou aula para crianças que vivem em abrigos e que foram abandonadas, eu participo da vida delas e enxergo potencial para se tornarem grandes músicos”.

*Foto: André Mantelli