Santa Marcelina Cultura

MENU

NOTÍCIAS

Jazz da Juilliard School antecipa a temporada Horizontes 2013

17 de dezembro de 2012

Pré-estreia da série Horizontes Musicais 2013 reúne parceiros e patrocinadores em manhã regada a jazz. Evento levou ainda ao teatro do MuBE guris dos polos Inácio Monteiro e Guarulhos.

Após um ano de muito sucesso, a Santa Marcelina Cultura realizou na última terça-feira (4) a pré-estreia da temporada 2013 da série de concertos didáticos Horizontes Musicais. O evento ocorreu no Teatro do MuBE, em São Paulo, e contou com a presença de representantes da Secretaria de Estado da Cultura, além de parceiros e patrocinadores como o Bank of America Merril Lynch, Consulado dos Estados Unidos e guris dos polos Inácio Monteiro e Guarulhos.

Antes de dar início à apresentação do cinco músicos do Juilliard Jazz Artist Diploma Ensemble, de Nova Iorque, a Diretora-Presidente da Santa Marcelina Cultura, irmã Rosane Ghedin, falou sobre o êxito da série em 2012 e da alegria de poder reunir patrocinadores e os guris em um mesmo dia. 

“Trago no coração uma gratidão enorme de toda a comunidade Marcelina, pois este programa acontece pela parceria de todos vocês. Hoje fiquei pensando que o nome Horizontes Musicais foi muito inspirado, pois esta série abriu muitos horizontes, foi como uma janela para nós”, disse.

Com patrocínio do Bank of America e da Cetip, por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura, 12 mil pessoas puderam acompanhar este ano os 60 concertos gratuitos em 29 locais da Grande São Paulo de 30 diferentes grupos musicais, como Uakti, Toninho Ferragutti, Trio Curupira e Tim Rescala.
Para a coordenadora da UFC (Unidade de Formação Cultural) da Secretaria de Estado da Cultura, Renata Bittencourt, o trabalho que vem sendo desenvolvido dentro do Guri, na gestão as Santa Marcelina Cultura, tem duas qualidades notáveis: escala e preocupação técnica.

“Nós conseguimos perceber uma dimensão de educação musical, o prazer das pessoas no contato com a música que é muito impressionante. Há uma preocupação com a escolha do repertório, com a qualidade dos instrumentos, a execução. Acredito que esse apuro é uma marca visível e que o Horizontes traduz isso perfeitamente”, disse.

O vice-presidente do Bank Of America Merril Lynch, Robert Kozmann Junior, revelou que a parceria com a Santa Marcelina Cultura se deve principalmente pela capacidade que a Organização Social tem de unir educação e cultura, dois fatores essenciais para a empresa. Robert aproveitou também para falar da renovação da parceria e apoio na série Horizontes Musicais em 2013. “Pretendemos continuar essa parceria anos a fio e inserir jovens carentes na sociedade através da música voltada à educação.”

 Em 2013 a ideia é “expandir ainda mais os horizontes”, conta o coordenador pedagógico do Guri Ricardo Apezzato. Para isso, estão programados uma série de música de câmara, apresentações artísticas de professores do Guri e também a vivência com manifestações populares como o Maracatu, por exemplo. No próximo ano, “a ideia é contemplar cada vez mais e ampliar esse leque artístico musicais”, diz Apezzato.