Santa Marcelina Cultura

MENU

NOTÍCIAS

Coral do Guri Santa Marcelina se apresenta na Tom Jobim – EMESP

28 de setembro de 2009

Fabiana Pereira e o Coral do Guri Santa Marcelina do polo Vila CuruçáNo dia 23 de setembro, a Tom Jobim – Escola de Música do Estado de São Paulo (EMESP) recebeu o Coral do Guri Santa Marcelina – Polo CEU Vila Curuça, formado por jovens entre 10 e 18 anos e orientado pela professora Fabiana Pereira. No saguão da unidade Luz da EMESP, os cantores interpretaram canções como Garota de Ipanema, de Tom Jobim e Vinícius de Moraes, A Lua, de Renato Rocha, Oh Happy Day, de Lou Rogers e Jenny Johns, e Canário do Reino, de Carvalho e Zapata.

Antes dos guris, apresentaram-se crianças da classe de canto da professora Viviane Valadão, com idades entre 8 e 9 anos, que interpretaram músicas como Chorinho, de Maria Meron, O Fantasma, de Mozart, com letra de Magda Pucci e Cantiga da Babá, com letra de Cecília Meirelles e música de Celso Delneri. A pianista co-repetidora e professora Cinthia Sell participou da apresentação ao teclado.

 

O evento promoveu o encontro entre dois dos programas administrados pela organização social Santa Marcelina Cultura, o Guri Santa Marcelina e a Tom Jobim – EMESP. “Este encontro teve um valor inestimável para os meninos do Guri. Acredito que este evento foi o embrião de um intercâmbio entre a EMESP e o Guri”, afirmou Valéria Zeidan, coordenadora pedagógica do Guri Santa Marcelina. “Com o encontro de corais, prática muito comum entre os grupos vocais, os cantores de um coral podem se enxergar no fazer do outro. É uma rica possibilidade de extensão do aprendizado”, conclui Valéria.

 

“Sou professora da Tom Jobim – EMESP há muitos anos e nunca tinha visto uma apresentação como esta aqui na Escola. Normalmente o trabalho dos alunos fica restrito às salas de aula. Foi um presente para os pais e para os funcionários da EMESP”, revelou Viviane Valadão. “Nossa função como educadores e regentes é levar a música até as pessoas, para que elas se sintam bem. Foi uma troca muito importante para as crianças, que aprenderam com o coral do Guri Santa Marcelina. Sinto que os meninos mais velhos também levaram ensinamentos daqui”, disse Viviane.

 

Os integrantes do Coral do Guri Santa Marcelina – Polo CEU Vila Curuçá puderam conhecer detalhadamente as salas de aula e a estrutura administrativa da Tom Jobim – EMESP. Eles visitaram o auditório da Unidade Luz, conversaram com professores e assistiram ao ensaio do Ópera Estúdio, curso regular da Escola com cantores líricos que em outubro apresenta uma ópera no Theatro São Pedro.

 

Segundo Valéria Zeidan a EMESP é uma possibilidade de continuidade na formação musical dos guris. “Muitos de nossos alunos têm vontade de estudar aqui”, revelou a professora Fabiana Pereira. “Foi um dos melhores dias da minha vida. Vou guardar para sempre as lembranças do que vivi aqui na EMESP”, emocionou-se um dos cantores do Coral do Polo CEU Vila Curuçá.