Santa Marcelina Cultura

MENU

NOTÍCIAS

Terceiro dia de capacitação debate trabalho socioeducativo

30 de janeiro de 2009

Palestras abordaram as perspectivas e desafios do dia-a-dia 

Como trabalhar os desafios socioeducativos que surgem no dia-a-dia do Guri Santa Marcelina? As palestras do terceiro dia da Jornada de Capacitação trouxeram para monitores de pólo, agentes, assistentes sociais e professores algumas respostas e levantaram discussões importantes sobre o tema. A Profª. Drª. Stela Graciani, da Puc-SP, apresentou a palestra “O trabalho socioeducativo: perspectivas e repercussões”. Durante a apresentação, Stela dividiu com a platéia experiências de quem trabalhou durante 13 anos com educação para crianças e adolescentes moradores de rua. “Os educadores sociais são capazes de romper aquele olhar diminuto e ver de maneira mais profunda. Um simples diálogo pode causar uma revolução em mim e no meu entorno”, exemplificou a professora.

 

A segunda palestra do dia, “Intervenção Social no Guri Santa Marcelina: práticas exemplares de trabalho socioeducativo”, apresentada por Marta Bruno – Coordenadora Social do Guri Santa Marcelina – contou com a participação de assistentes sociais do programa, que exibiram práticas de sucesso realizadas pelo departamento social nos pólos durante o ano de 2008. Cyntia Soares, assistente social do pólo São Rafael, e Rita Araújo, do pólo Veredas, mostraram o resultado que as oficinas e intervenções tiveram no ano passado. “Estas práticas deram materialidade e sentido para o trabalho do social no Guri Santa Marcelina”, finaliza Marta.

 

 A tarde foi destinada aos cursos para os professores, ministrados pelos consultores musicais do Guri Santa Marcelina, os quais são responsáveis pela elaboração dos métodos de ensino. A equipe social participou da apresentação “Instrumentalização para a construção de método de trabalho socioeducativo”, também coordenada por Marta Bruno. 

Acompanhe o programa da Jornada de Capacitação do Guri Santa Marcelina.