Santa Marcelina Cultura

MENU

Andreas Hofmeir

Andreas Martin Hofmeir cresceu em Geisenfeld, Holledau, e aprendeu piano, percussão e chifre tenor quando criança . Aos 12 anos foi para a tuba. Começou a estudar na Academia de Música “Hanns Eisler” de Berlim em 1998. Mais tarde, em 2001, foi para a Musikhochschule Hannover, por meio da Royal Academy of Music, em Estocolmo. Também foi bolsista das academias orquestrais da Filarmônica de Berlim e Munique, e tocou com a Filarmônica de Viena e a Orquestra Gewandhause. De 2004 a 2008 foi tubista solo na Bruckner Orchestra Linz.

Como solista ganhou em 2004 o prestigiado Concurso Internacional de Tuba “Citta di Porcia” no italiano Pordenone . Um ano depois, comemorou seu maior sucesso até a data com o preço do Concurso de Música Alemã de Berlim, em 2005, o primeiro tocador de tuba de sempre na história da competição. Em 2013, ele recebeu um Echo Klassik como “Instrumentista do Ano” e tocou na gala do concerto para a cerimônia de premiação no Konzerthaus am Gendarmenmarkt, em Berlim.

Em setembro de 2006, Hofmeir foi apontado como o sucessor do professor Hoppert para a Mozarteum University Salzburg e, em 2010, para o professor universitário . Além disso, ele dá master classes e é um jurado procurado em competições em seu campo. Com o harpista Andreas Mildner, fundou o primeiro duo de harpa de tuba do mundo. Eles tocaram em festivais de renome, como o Festival do Castelo de Ludwigsburg, o Festival de Música de Schleswig-Holstein, o Festival Mitte Europa e o Festival Internacional de Harpa no Rio de Janeiro. Com o violinista Benjamin Schmid, toca na Schmid / Hofmeir HochTief GmbH, a única dupla do mundo com tuba e violino. Com a organista Barbara Schmelz, se apresenta em um duo de tuba e órgão. Andreas Hofmeir se apresenta com sua própria banda de jazz, assim como com seu tuba ensemble European Tuba Power. Como um músico de câmara, Hofmeir também tocou com o Scharoun Ensemble da Berliner Philharmoniker, os quintetos de metais da Filarmônica de Munique e o Bamberger Symphoniker, bem como o Heavy Tuba Ensemble.

Em março de 2012, o CD de estreia de Hofmeir, “Uraufnahmen”, apareceu na série Primavera do German Music Council (Genuin), na qual apenas as primeiras gravações, incluindo trabalhos escritos para ele, podem ser ouvidas. Em 2013 seguido com “Por que não?” (Genuin), o primeiro CD da duo tuba & harfe; em 2014, em seguida, “No Caminho” (Sony), juntamente com a Filarmônica de Munique e Andrew Manze. Em 2018, o primeiro CD da Schmid / Hofmeir HochTief GmbH foi lançado com “Stradihumpa” (ACT). Em maio de 2019 tornou-se membro dos escritores da torre de Munique.