Santa Marcelina Cultura

MENU

NOTÍCIAS

Orquestra Jovem do Estado recebe a violista Jennifer Stumm na Sala São Paulo

09 de maio de 2014

No dia 11 de maio (domingo), a Orquestra Jovem do Estado de São Paulo faz concerto na Sala São Paulo. Sob a regência de seu diretor musical e regente titular Cláudio Cruz, o grupo irá tocar com a violista norte-americana Jennifer Stumm, solista com prestígio internacional e conhecida pelo seu estilo e entusiasmo pelo ensino de música – ela é professora de viola no Royal Colle¬ge of Music, em Londres. O concerto acontece às 19h30 e os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Esta será a segunda vez que a Orquestra Jovem do Estado irá se apresentar com a solista Jennifer Stumm – a primeira foi em 2012 – e o repertório escolhido para esta apresentação traz obras de Berlioz e Ravel, dois mestres orquestradores.

Abrindo o programa, o grupo toca a sinfonia Haroldo na Itália com solos da violinista Jennifer Stumm. A peça, originalmente, foi escrita como uma suíte de cenas para orquestra, onde a viola solo seria um personagem mais ou menos ativo conservando sempre o seu próprio caráter, uma espécie de sonhador melancólico no gênero do personagem Childe-Harold de Lord Byron e buscava resgatar as impressões que o próprio Berlioz guardava de sua estadia na Itália, daí o nome “Haroldo na Itália”.

Na sequência, a Orquestra Jovem do Estado apresenta duas peças de Ravel, como Rapsódia Espanhola, considerada uma das primeiras grandes obras orquestrais do compositor e claro exemplo da importante influência da música espanhola que herdou de sua mãe, que era de origem basca, e encerra o concerto com La Valse.

Trata-se de uma peça que pode ter sido concebida como uma inocente e elegante homenagem à valsa vienense, mas se tornou uma obra de grande efeito, sendo uma releitura do idioma da dança onde os clichês da valsa são introduzidos para serem parodiados.

A temporada 2014 da Orquestra Jovem do Estado de São Paulo segue com concertos com a participação de solistas de reconhecimento internacional, como o violoncelista francês Marc Coppey, com a regência do maestro convidado George Stelluto. No segundo semestre participa da 45ª edição do Festival de Inverno de Campos do Jordão e em agosto, viaja pelo terceiro ano consecutivo para a Europa, desta vez a convite do Festival de Berlioz, que acontece em La Côte-Saint-André, na região de Lyon, na França, e do Grachtenfestival, em Amsterdam.

Até dezembro, o grupo ainda recebe os pianistas japoneses Sae Kojima e Akihiro Sakiya e toca sob a regência do maestro Diego Guzmán. Este ano, a Orquestra Jovem foi destaque da terceira edição do festival Música em Trancoso, realizado em março, na Bahia, e recebeu a soprano inglesa Julia Thornton e o pianista brasileiro Paulo Álvares, em concertos na Sala São Paulo.

Programa:
Regência: Cláudio Cruz
Solista convidada: Jennifer Stumm, viola

Hector Berlioz
Haroldo na Itália

Maurice Ravel
Rapsódia Espanhola
La Valse

Jennifer Stumm (viola)
A violista norte-americana Jennifer Stumm já tocou com a Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo em 2012. Tem uma atuação global, conhecida pelo seu esti¬lo e entusiasmo pelo ensino de música. Já se apresentou em recital no Carne¬gie Hall, Kennedy Center, e o Wigmore Hall e nos mais destacados festivais como Malboro, Spoleto e Aldeburgh. Sua carreira solo iniciou-se depois de vencer três grandes competições inter-nacionais. Em 2011, Jeniffer participou do TEDx para falar sobre a viola, episó¬dio que recebeu dos editores do site o nome O Instrumento Imperfeito, e pode ser visto em www.ted.com. Atualmen¬te é professora de viola no Royal Colle¬ge of Music, em Londres, e defensora do poder da educação musical como trans¬formadora da realidade social.

Cláudio Cruz (regente titular e diretor musical da Orquestra Jovem do Estado)
Iniciou-se na música com seu pai, João Cruz, posteriormente recebeu orientações de Erich Lehninger, Maria Vischnia e George Olivier Toni. Foi premiado pela APCA, Prêmio Carlos Gomes, Prêmio Bravo e Grammy Awards. Tem atuado como regente convidado na Orquestra Sinfônica Brasileira, Sinfônica Municipal de São Paulo, Sinfônica de Porto Alegre, Sinfônica de Brasília, Osesp, Orquestra de Câmara de Osaka, Orquestra de Câmara de Toulouse, Orquestra Sinfônica de Avignon, entre outras. Foi regente da Orquestra do Festival Internacional de Campos do Jordão em 2010 e 2011. Participou dos festivais da Carinthia (Áustria) e de Cartagena, onde atuou como camerista e regente convidado da Osesp. Foi diretor musical da Orquestra de Câmara Villa-lobos, regente titular das Sinfônicas de Ribeirão Preto e de Campinas e por vinte anos foi o spalla da Osesp. Atualmente, é o regente titular e diretor musical da Orquestra Jovem do Estado onde está há dois anos.

Serviço:
Orquestra Jovem do Estado com a violista Jennifer Stumm na Sala São Paulo
Data: 11 de maio, domingo
Horário: 19h30
Local: Sala São Paulo
Endereço: Praça Júlios Prestes, 16, Luz, São Paulo-SP
Ingressos: R$10 (inteira) e R$5 (meia)