Santa Marcelina Cultura

MENU

Samuel Pompeo Quinteto no Auditório Zequinha de Abreu

No dia 10 de abril, às 17h30, o Samuel Pompeo Quinteto se apresenta no Auditório Zequinha de Abreu da EMESP. No final do século XIX e começo do século XX, a mistura única da música europeia com o ritmo e a melodia da música africana germinavam no mesmo terreno: New Orleans e Rio de Janeiro. Dessa mistura nascem dois gêneros: o choro e o jazz. A semelhança de elementos no início e a distância no presente entre os dois gêneros intrigou o saxofonista Samuel Pompeo, que busca com este trabalho a síntese da sonoridade do choro contemporâneo.

Samuel Pompeo Quinteto é o resultado performático dessa curiosidade. Os cinco músicos não são típicos chorões, mas guardam pelo gênero uma admiração especial. A escolha dos músicos não foi aleatória. O saxofonista Samuel Pompeo, além de autor da pesquisa, que foi a centelha para o trabalho do Quinteto, tem uma sólida atuação em grupos de prestígio da cena instrumental brasileira, como Soundscape Big Band, Banda Mantiqueira, Banda Savana, e é professor da Escola de Música da Fundação Theatro Municipal de São Paulo. Completam o quinteto Dino Barioni, guitarrista, que tem como gêneros essenciais o jazz e o choro, já tocou em várias formações e é um profundo conhecedor dessa linguagem.

Os trabalhos do baterista Paulinho Vicente são fundamentados no melhor do jazz e da música brasileira. É um dos fundadores da Reteté Big Band Jazz e acompanhou músicos e grupos de prestígio, entre eles Michel Leme, Ana Cañas e Ary Holland. Fábio Leandro apresenta um trânsito desenvolto entre as diversas linguagens musicais, mesclando ritmos tradicionais brasileiros a elementos da música erudita e da música instrumental brasileira. Finalmente, o contrabaixista Gibson Freitas é um dos mais promissores músicos da sua geração, tendo uma significativa participação no cenário da música instrumental paulistana.

 

Ficha Técnica

Samuel Pompeo

Samuel Pompeo é natural de Americana, onde começou seus estudos de saxofone em 1982, na Escola Municipal de Música, e realizou seus primeiros trabalhos na Banda Municipal de Americana. Sempre teve interesse por todos os instrumentos da família do saxofone, além de flauta, flautim e clarinete, o que o fez procurar conhecimento necessário para tocar do sax barítono ao flautim. Para tanto, estudou com vários dos mais renomados músicos de São Paulo e do Brasil, entre eles Nailor Aparecido de Azevedo (Proveta), Eduardo Pecci (Lambari), Cláudio Leal, Grace Lauren, Roberto Sion, Hudson Nogueira, Nivaldo Ornellas, Dilson Florêncio, Idriss Boudroua e Vitor Alcântara.

Participou como músico convidado de concertos com as principais orquestras sinfônicas do país, como Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal de São Paulo, Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP), Orquestra Experimental de Repertório, Orquestras Municipais de Campinas, Ribeirão Preto e Santo André, Orquestra Sinfônica da USP e Orquestra Sinfônica Brasileira. Recentemente participou de concertos junto a importantes nomes do jazz, tais como Banda Mantiqueira, Tad Nash, Ben Alisson, Ohad Talmor, Bepi Damati (Itália) Gilson Peranzzetta e Woody Witt.

Gravou ou tocou com vários nomes da música popular brasileira e internacional, entre eles Jane Duboc, Elba Ramalho, Alceu Valença, Gilberto Gil, Pepeu Gomes, Ian Anderson (Yes), Alice Cooper, Fito Paes, Toquinho, Trio Mocotó, Maria Rita, Jair Rodrigues, Simoninha, Ivan Lins, Gal Costa e Zélia Duncan.

Participa como professor convidado nos últimos anos em workshops e masterclasses de instituições brasileiras e internacionais, dentre elas a Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), o Sax Fest Brasil na Universidade Santa Marcelina e o Festival “Fiato al Brasile” na Scuola Comunale di Musica G. Sarti em Faenza (Itália).

Atualmente é professor da Escola Municipal de Música de São Paulo, mestre em música pela UNESP, líder do Samuel Pompeo Quinteto, participa da SoundScape Big Band, Banda Urbana e Orquestra Urbana.

Data: 10/04/2018

Horário: 17:30

Local: Auditório Zequinha de Abreu – EMESP Tom Jobim

Largo General Osório, 147, Luz, São Paulo – SP

Entrada: Franca