Santa Marcelina Cultura

MENU

Orquestra Sinfônica do Guri com Diego Guzmán

O maestro venezuelano Diego Guzmán, do El Sistema – um dos maiores programas de educação musical e inclusão social do mundo –, volta a reger a Orquestra Sinfônica Infanto-Juvenil após dois grandes concertos em 2016. Como da última vez, ele comanda o intensivo de meio do ano do Guri, em que a Orquestra Sinfônica recebe em suas fileiras convidados de outros programas da Santa Marcelina Cultura. Além de alunos da EMESP Tom Jobim e integrantes da Orquestra Jovem do Estado, o intensivo de 2018 conta também com membros da Orquestra do Theatro São Pedro.

Serão duas apresentações: no dia 20 de julho, às 20h, no Theatro São Pedro; e no dia 21 de julho, às 15h, no CEU São Mateus. No repertório, a abertura da ópera Nabucco, de Giuseppe Verdi, a Páscoa Russa, de Nikolai Rimsky-Korsakov, as Três Danças Brasileiras, de Mozart Camargo Guarnieri, e o famoso Huapango, do mexicano José Pablo Moncayo.

Orquestra Sinfônica Infanto-Juvenil

A orquestra sinfônica é a mais complexa formação instrumental da música ocidental. Em suas fileiras, ela combina naipes de diferentes famílias – cordas (violino, viola, violoncelo e contrabaixo), madeiras (flauta, clarinete, fagote e oboé), metais (trompa, trompete, tuba e trombone) e percussão. Sua forma, porém, é flexível, e pode mudar de acordo com o repertório. É comum que orquestras alterem sua formação ao longo de um concerto, atendendo a exigências de cada peça, podendo adicionar ou suprimir instrumentos ou até seções inteiras.

Na Orquestra Sinfônica Infanto-Juvenil do Guri, os alunos, com idades entre 11 e 18 anos, têm acesso a um vasto e complexo universo de formas de fazer música. Seu desenvolvimento artístico-pedagógico abarca um amplo espectro musical, que vai desde o consagrado repertório sinfônico europeu e americano, a incursões por peças operísticas, populares e contemporâneas. E o aprofundamento dessa experiência conta também com professores, regentes e instrumentistas convidados, cuidadosamente selecionados para proporcionar aos estudantes uma interação rica e proveitosa que lhes dê ferramentas para trilhar seu próprio caminho musical, tanto no palco – solo ou em conjunto – quanto na sala de aula.

Repertório

GIUSEPPE VERDI (1813-1901)
Abertura de Nabucco

MOZART CAMARGO GUARNIERI (1907-1993)
Três Danças Brasileiras
Editor Original: A.M.P (MSC)
Representante exclusivo: BARRY EDITORIAL (www.barryeditorial.com.ar)

NIKOLAI RIMSKY-KORSAKOV (1844-1908)
Páscoa Russa

JOSÉ PABLO MONCAYO (1912-1958)
Huapango

Sobre o(a) regente

Diego Guzmán, regente convidado
Regente e violinista venezuelano, Diego Guzmán é um dos discípulos do fundador do Sistema de Orquestra e Coros Juvenis e Infantis da Venezuela, o maestro José Antonio Abreu. Nascido em Caracas, no dia 17 de julho de 1982, Guzmán iniciou seus estudos aos 9 anos com o maestro Narciso Martínez em Camatagua, e no ano seguinte ingressou no El Sistema.  Em 1994 entrou na Sinfônica Nacional Infantil da Venezuela, com a qual fez turnês pelos Estados Unidos, Brasil, Chie, França, México, Itália, Alemanha e muitos outros países. Foi integrante da Orquestra Sinfônica Simón Bolívar, com a qual realizou concertos em diversos países da América, Europa e Ásia. Atualmente reside na Argentina, onde integra a Orquestra Estável da Província de Tucumán, além de realizar trabalhos de formação para jovens músicos.

Data: 20/07/2018

Horário: 20:00

Local: Theatro São Pedro

R. Albuquerque Lins, 207 – Campos Elíseos, São Paulo – SP

Entrada: Franca

Parceiros

Patrocínio Master

 

 


Patrocínio Ouro


Patrocínio Prata


Patrocínio Bronze

Apoio Institucional

Realização