Santa Marcelina Cultura

MENU

Orquestra Jovem Tom Jobim apresenta Moacir Santos

A Orquestra Jovem Tom Jobim sobe ao palco do Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer no dia 30 de setembro, às 21h, e no dia 1º de outubro, às 19h, para interpretar obras de Moacir Santos. Ingressos a R$20. O grupo também se apresenta no CEU Vila Curuçá, no dia 2 de outubro, às 14h, com entrada gratuita.  Na ocasião, o grupo recebe o trompetista Daniel D’Alcantara (trompete) e o saxofonista da Juilliard School Ted Nash.

Orquestra Jovem Tom Jobim

Dedicada especialmente à música popular brasileira orquestral, a Orquestra Jovem Tom Jobim tem uma sonoridade particular. Ao mesmo tempo em que se insere na tradição das orquestras de rádio e TV, também tem características muito peculiares e recentes. Além do jogo de cintura e polivalência dos grupos de antigamente, a Tom Jobim tem uma face contemporânea, fruto de um repertório formado majoritariamente por arranjos concebidos especialmente para o grupo.

No palco, alia-se a potência e expressividade de uma orquestra sinfônica (com naipes de cordas, madeiras e metais), à força e energia da seção rítmica (piano, contrabaixo elétrico, guitarra, bateria e percussão). Dessa união, carregada de vitalidade, resulta um som distinto, uma pronúncia tipicamente brasileira da música de concerto.
Criado em 2001, durante o Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão, o grupo de difusão e formação musical da EMESP Tom Jobim possibilita vivência orquestral erudita e popular aos bolsistas, por meio do resgate de obras tradicionais de grandes compositores nacionais, com especial dedicação à obra de Tom Jobim, além de pesquisa e experimentação musical.

Toda sua programação, da escolha de repertório à dinâmica de ensaios, é realizada pensando na formação dos bolsistas. Os jovens músicos ensaiam e se apresentam com os solistas convidados, e usufruem de um rico intercâmbio de conhecimentos e vivências. A experiência completa – ensaios de alta intensidade, aulas com convidados que são referência em sua área, e exploração de um repertório versátil e inovador – proporcionam aos jovens músicos não apenas um aprimoramento técnico e estilístico, mas um conhecimento profundo do fazer musical.

Repertório

CONCERTO COM REPERTÓRIO DA GRAVAÇÃO DO CD “ MOACIR SANTOS”

MOACIR SANTOS (1926-2006)
Coisa no 1 (Arr. Tiago Costa)
[4 min]

MOACIR SANTOS (1926-2006)
Amphibious (Arr. Nelson Ayres)
[4 min]

MOACIR SANTOS (1926-2006)
Outra Coisa (Arr. Tiago Costa)
[5 min]

MOACIR SANTOS (1926-2006)
Coisa no 5, Nanã (Arr. Tiago Costa)
[5 min]

MOACIR SANTOS (1926-2006)
April Child (Arr. Nelson Ayres)
[6 min]

MOACIR SANTOS (1926-2006)
Kathy (Arr. Carlos Iafelice)
[6 min]

MOACIR SANTOS (1926-2006) VINÍCIUS DE MORAES (1913-1980)
Se Você Disser que Sim (Arr. Naylor Proveta)
[5 min]

MOACIR SANTOS (1926-2006)
Coisa no 2 (Arr. Tiago Costa)
[5 min]

Sobre o(a) regente

NELSON AYRES, regente
Pianista, arranjador e compositor, Nelson Ayres iniciou sua carreira na década de 60, dividindo o palco com Taiguara, Toquinho e Chico Buarque. Tornou-se o primeiro aluno brasileiro a cursar o Berklee College of Music. Em 1978, criou o quinteto Pau Brasil e, em 1984, estrelou o espetáculo Prisma com César Camargo Mariano. Conhecido por sua atuação na Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo, regeu inúmeras orquestras, incluindo a Orquestra Filarmônica de Israel. Foi ainda apresentador do programa Jazz & Cia, da TV Cultura, e presidente do júri do Prêmio Visa de Música Brasileira. Lançou os CDs Perto do Coração e Paixão.

TIAGO COSTA, regente
Pianista, compositor e arranjador, teve suas peças gravadas dentro e fora do Brasil com obras registradas pela OSESP e Orquestra Jazz Sinfônica. Ao lado de Maria Rita, participou como pianista e arranjador dos discos ganhadores do Grammy Segundo e Redescobrir. Em 2014, o show de piano e voz com a cantora foi eleito um dos dez melhores do ano pelo New York Times.

Sobre o(a) solista

Daniel D’Alcantara, trompete
Bacharel em Trompete pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), iniciou seus estudos musicais com seu pai, o trompetista Magno D’Alcântara. Atualmente, leciona na EMESP Tom Jobim, Faculdade Souza Lima/Berklee. É integrante da Soundscape Big Band Jazz, grupo com o qual gravou três CDs (Maybe September, Uncle Charles e Cores Vol.1). De 2009 a 2014, foi trompetista solista da Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo. Como professor, lecionou em importantes eventos musicais, incluindo o Festival de Inverno de Campos do Jordão, Curso de Verão de Brasília, Festival de Inverno de Tatuí/SP, Oficina de Música de Curitiba, Festival Choro e Jazz de Jericoacoara/CE.

Ted Nash, saxofone
Ted Nash é um saxofonista, maestro, compositor, arranjador e educador, que fez turnês por todo o mundo. Recentemente, em 2016, ganhou dois Grammy’s por sua gravação A Suíte Presidencial. Nash mantém um longo relacionamento com o jazz na Lincoln Center Orchestra, onde produziu Portrait in Seven Shades, que lhe rendeu a sua primeira indicação ao Grammy. Nash está envolvido com o Jazz Composers Collective, com sede em Nova York, e deu aulas em prestigiosas faculdades de música nos Estados Unidos.

Ficha Técnica

1º violino

Thiago Brisolla (Spalla)

Tiago França da Silva

Ricardo Proiete Neto

Neemias de Oliveira

Denise Cardoso de Oliveira

Wendy Runa Yamanaka

2º violino

Leonardo R. Nascimento Aniceto

Harryson Robert Esparrell Azank

Ana Paula Dias Bueno

Hamerson Florencio de Mello

Lizielma Monteiro de Oliveira SilvaRafaela Marques Piratelo

Viola

Leonardo Marchiolli Gomes Sobral

Michele José de Miranda Mello

Elielma Cardoso de Oliveira

Victória Liz Ribas Macedo

Violoncelo

Rafael Alves Batista

Gustavo Rocha Fernandes

Caio Augusto de Godoy Sousa

Matheus Borges dos Santos

 

Flauta

Garbriel Oliveira Potel

Talitha Santos

 

Clarinete

Andre Fajersztajn de Almeida

Salomão Sidharta Jesus dos Santos

 

Trompa

Victor Prado Cavalcanti Ferreira

Adriano Venancio Da Silva

 

Saxofone

Lucas de Souza Sales (Sax Alto 1)

Ramon Danilo Medina de Souza (Sax Alto 2)

Herbert Lucas Rodrigues de Lima (Sax Tenor 1)

Igor Ribert (Sax Tenor 2)

Wellington Martins De Souza (Sax Barítono)

 

Trompete

Marco Aurélio Soares Martins

Phelipe Lewis Silva de Souza

Graziella Pizani de Oliveira

Estefane de Souza Santos

Trombone

Valber De Oliveira Santos

Welbert Miranda Dias

Leonardo Da Conceição Canuto

 

Trombone Baixo

Luis Victor De Oliveira

 

Piano

Vitor Arantes Martins

 

Guitarra

Matheus Mota Brandão

Baixo Elétrico

Gabriel Scavassa Borin

Bateria

Jonatan Lucas Carvalho Goes Amorim

Percussão

Fernando Lima Dos Reis

Fabricio Santos Rodrigues

Músicos extras

Breno Freire – contrabaixo

Ana Yae Tateishi Okuma – oboé

Luciana Supino – fagote

Data: 02/10/2017

Horário: 14:00

Local: CEU Vila Curuçá

Endereço: Avenida Marechal Tito, 3452 – Jardim Miragaia, São Paulo/SP
Telefone: (11) 2563-6150

Entrada: Franca

#SMC2017SAMPA, #SMC2017TOCASP, #SMC2017CONEXÕES