Santa Marcelina Cultura

MENU

Bate-papo com Misha Maisky

No dia 11 de novembro, às 15h, o violoncelista Misha Maisky estará aqui na EMESP Tom Jobim para um bate-papo com os estudantes da Escola. A atividade gratuita e aberta ao público será realizada em parceria com o Mozarteum Brasileiro.

Mischa Maisky tem a honra de ser o único violoncelista do mundo que estudou com dois gênios do violoncelo: Mstislav Rostropovich e Gregor Piatigorsky. Rostropovich assim enalteceu Mischa Maisky: “… um dos mais extraordinários talentos da nova geração de violoncelistas. Sua música combina poesia e rara delicadeza com muito temperamento e técnica excepcional”.

Nascido na Letônia, Mischa Maisky estudou na Rússia e, após repatriação para Israel, foi recebido com entusiasmo em Londres, Paris, Berlim, Viena, Nova York, Tóquio e em todos os grandes centros musicais. Ele considera-se um cidadão do mundo: “Toco um violoncelo italiano, com arcos franceses e alemães, cordas austríacas e alemãs, meus seis filhos nasceram em quatro diferentes países, minha segunda mulher é italiana e cingalesa, dirijo um carro japonês, uso relógio suíço e um colar indiano e me sinto em casa em qualquer lugar onde pessoas valorizem e apreciem música clássica”.

Artista exclusivo do selo Deutsche Grammophon por mais de 30 anos, Maisky realizou mais de 35 gravações ao lado de orquestras como as Filarmônicas de Viena, Israel e Berlim, Sinfônica de Londres, Orquestra de Paris, Orquestras de Câmara Orpheus e da Europa, entre outras. Suas gravações foram mundialmente aclamadas pela crítica e receberam cinco vezes o prestigioso prêmio da Academia de Tóquio, três vezes o prêmio alemão Echo, o Grand Prix du Disque de Paris e o Diapason d’Or do ano, além de terem sido nomeadas ao cobiçado prêmio Grammy.

O ano 2000 foi um dos destaques em sua carreira – em grande parte voltado a uma turnê mundial dedicada a Bach, com mais de 100 concertos. Como forma de expressar sua profunda admiração por este grande compositor, Mischa Maisky realizou três diferentes gravações das Suítes para violoncelo solo de Bach. Outro momento importante de sua carreira foi a apresentação do trio formado com Itzhak Perlman e Evgeny Kissin no Carnegie Hall, em Nova York, em dezembro de 2015.

O ano de 2018 foi marcado por vários concertos em comemoração aos seus 70 anos, além de uma homenagem com um prêmio pelo conjunto de sua obra em Istambul. Em setembro o violoncelista retornou pela 50ª vez ao Japão, país onde já realizou cerca de 400 concertos. Com o Trio Maisky realizou extensa turnê pelo Japão, China e América do Sul.

Consagrado como um dos maiores músicos do mundo, Mischa Maisky é convidado regular da maioria dos grandes festivais internacionais. Trabalhou ao lado de regentes como Leonard Bernstein, Carlo Maria Giulini, Lorin Maazel, Zubin Mehta, Riccardo Muti, Giuseppe Sinopoli, Vladimir Ashkenazy, Daniel Barenboim, James Levine, Charles Dutoit, Yuri Temirkanov, Mariss Jansons, Valery Gergiev e Gustavo Dudamel. Suas parcerias incluem nomes como Martha Argerich, Radu Lupu, Nelson Freire, Evgeny Kissin, Itzhak Perlman, Lang Lang, Peter Serkin, Gidon Kremer, Yuri Bashmet, Vadim Repin, Maxim Vengerov, Joshua Bell, Julian Rachlin e Janine Jansen, entre vários outros.

Data: 11/11/2019

Horário: 15:00

Local: Auditório Zequinha de Abreu – EMESP Tom Jobim

Largo General Osório, 147, Luz, São Paulo – SP

Entrada: Franca